Google Analytics: _trackPageview x _trackEvent

Há pouco tempo atrás escrevi um post ensinando como usar corretamente o método _trackPageview no Google Analytics. Algumas pessoas me procuraram e levantaram a seguinte questão: Quais os prós e contras de utilizar o _trackPageview e o _trackEvent? Quando eu devo utilizar um método ou o outro? Para esclarecer essas dúvidas, resolvi escrever esse post. Então, vamos lá!

Pró do _trackPageview

O _trackPageview é um método que simula e gera no relatório do Google Analytics a visualização de uma página que normalmente não seria computada pelo GA. Essa página é gerada dinamicamente sem alteração de URL ou uma página totalmente construída em Flash. Página essa que lhe dá liberdade de fazer tudo que você faria com uma página normal do seu site.

Após gerar essa página no Google Analytics, você consegue utilizá-la como uma meta, como parte de um funil ou qualquer outra função do GA. Como, por exemplo, criar relatórios personalizados e segmentá-lo, conseguindo assim, extrair dados mais limpos e detalhados.

[sourcecode language=”html”]texto[/sourcecode]
(estrutura do _trackPageview)

Contra do _trackPageview

Como o _trackPageview gera uma falsa visualização de página no relatório no Google Analytics, vai acabar inflando os dados, fazendo com que no final, você apresente um dado falso ao seu cliente.

Por exemplo, se você usou o _trackPageview para medir quantas pessoas estão clicando em links externos, você vai ter um relatório com os dados reais + as “falsas” páginas que foram geradas com base em clicks que levaram para um site externo. Esse processo não gerou, necessariamente, uma página real de visualização para o site do cliente em si. Consegue entender o problema?

Para consertar isso, você vai precisar de um “trabalhinho extra” no Google Analytics, criando um padrão de _trackPageview para cada momento utilizado, como por exemplo “/link-externo/url-do-link”.

trackPageview - Link Externo - Google Analytics

trackPageview - Link Externo - Google Analytics

Essa etapa de padronização é importante pois você precisará criar um filtro no perfil principal da sua conta no Google Analytics, excluindo tudo que tiver /link-externo/. Em seguida, criará outro perfil com todos os dados. Você também pode ter um terceiro perfil só incluindo esses dados, caso seja importante tê-los de forma rápida e fácil.

Pró _trackEvent

Antes de qualquer coisa, uma grande vantagem do _trackEvent é que ele não incha o seu relatório do Google Analytics como acontece com o _trackPageview. Você não precisará criar um novo relatório para excluir ou incluir nada.

Além disso, com o _trackEvent você pode, por exemplo, mensurar quantas fotos foram visualizadas em uma determinada galeria, enquanto o _trackPageview fica responsável por gerar a visualização de cada galeria, caso ela seja em Flash ou gerada dinamicamente sem alteração da URL.

[sourcecode language=”html”] texto[/sourcecode]
(estrutura do _trackEvent)

Um ótimo exemplo de como utilizar o _trackEvent de forma correta é quando o seu cliente acha que o site deve ter um player (irritante) de música. Para convencer o seu cliente a retirar, você faz um _trackEvent no player monitorando quantas pessoas pausaram, diminuíram o volume, passaram ou voltaram a música

trackEvent - Google Analytics

trackEvent - Google Analytics

Com esses dados na mão, você é capaz de convencer aquele cliente (chato) que insiste em colocar um player de música tocando no site. Ideal, não?

Conseguiram entender quando utilizar o _trackPageview e o _trackEvent? Ficou clara essa diferença?

Contra _trackEvent

Por outro lado, quando utilizamos o _trackEvent, acabamos abrindo mão de alguns dados que podem ser útil, pois com esse método, não podemos, por exemplo, fazer um funil ou utilizá-lo como meta no Google Analytics.

O relatório personalizado também fica comprometido, pois são poucos os segmentos que permitem que você utilize o _trackEvent.

Conclusão

Não existe qual método é melhor, o _trackPageView ou o _trackEvent, na verdade existe o melhor momento de se utilizar cada um e isso quem vai decidir é você.

Claro que é necessário cuidado ao escolher o método, pois, no meio do caminho você não terá como voltar atrás para inverter os dados. Lógico, você poderá e deverá alterar o método o quanto antes, caso perceba que não utilizou e não está conseguindo extrair os dados como esperava.
Como já citei acima, você não precisa escolher entre um método ou outro, você pode perfeitamente utilizá-los em conjunto, melhorando ainda mais os seus relatórios do Google Analytics.

Bônus

Outro fator importantíssimo de utilizar os métodos de _trackEvent e _trackPageview corretamente é que, quando geramos, seja um evento ou uma nova página de visualização, estamos diminuindo assim a taxa de rejeição do site.

Sobre o autor

Domicio Neto é Especialista SEO em Salvador, Web Analytics e SMO (Social Media Optimization).
• Coordenador de SEM na DMI Comunicação – Especialista em SEO, Web Analytics e SMO

112 thoughts on “Google Analytics: _trackPageview x _trackEvent

  1. Flavio Silveira

    Bacana o artigo, mas tem mais algumas coisas que podem acrescentar.

    O _trackPageview tem problemas com o GA inPage, uma vez que ele gera uma exibição de página que não é reconhecida na navegação do site.

    É preciso muito cuidado com as configurações de _trackPageview, assim como de _trackEvent, porque dependendo de como é feita elas podem zerar o bounce rate.

    O ideal (até pelo nome da função) é que se use o _trackPageview para o q visualmente seria exibição de página, mas não acontece na estrutura do site (como acontece com Flash e atualmente com HTML5, principalmente pra não duplicar o jse aí sim perder a qualidade dos dados) e o _trackEvent para cliques internos/externos, interações, etc…tendo claro as excessões como querer colocar uma finalização de cadastro num funil, sem uma página de finalização.

    Enfim ainda tem mais coisa, mas….cada caso é um caso…

    Parabéns pelo post.

    Reply
  2. Denis Andrade

    Muito bom artigo, fácil de entender a diferença e as vantagens de cada um. Parabéns!

    Quero apenas dar uma pequenina sugestão: já que você usou como exemplo o código novo no '_trackPageview' poderia usar o novo também do '_trackEvent'.

    Indo um pouco além, você poderia colocar um exemplo para cada versão de script do Google Analytics.

    Abraço.

    Reply
    1. Domicio Neto - SEO Post author

      Olá Denis,

      Muito obrigado pelo comentário e pela correção, foram de grandes valias. Acabei de alterar :)

      Em relação a inserir um modelo para cada código, eu acho que iria poluir um pouco o post, pois tentei deixar ele o mais simples e direto possível.

      Mas nesse post, eu falei por alto, sobre o _trackPageview e as suas versões:
      http://www.domicioneto.com/web-analytics/google-a

      Se ainda tiver alguma dúvida, estou à disposição. Pode perguntar, sugerir ou criticar.
      Abraços,
      Domicio Neto

      Reply
  3. Douglas Baldan

    Ótimo post, Domicio!

    Usávamos o trackevent em sites construídos em Flash. Não me lembro se dava para usar o trackpageview tbem.

    Pelo que eu notei, o trackpageview requer mais trabalho. O esforço vale o retorno?

    []s

    Reply
    1. Domicio Neto - SEO Post author

      Olá Douglas,

      No caso de um site em flash, que você vai fazer o track específico para páginas do seu site, o esforço é praticamente o mesmo de inserir um trackEvent e COM CERTEZA vale a pena, afinal, você vai deixar de computar um evento e passar a registrar uma página realmente.

      Qualquer dúvida é só avisar.

      Abraços,
      Domicio Neto

      Reply
    2. Domicio Neto - SEO Post author

      Fala Douglas,

      obrigado pelo comentário!

      Como o site é em flash, provavelmente você irá utilizar o _trackPageview somente para computar dados "reais" ou páginas que realmente estão sendo exibidas, logo, você não precisa gerar outro perfil e por ai vai. Sendo assim, seu trabalho será o mesmo que você tem quando insere o _trackEvent em todo o site.

      COM CERTEZA nesse seu caso o _trackPageview vale mais a pena que o trackEvent, assim como todo o esforço que volto a dizer, nesse caso não será grande não.

      Se ainda tiver alguma dúvida, sinta-se a vontade para perguntar de novo.

      Grande abraço,
      Domicio Neto

      Reply
  4. Pingback: Analytics » Google Analytics: _trackPageview x _trackEvent | Especialista em SEO | Rede SEO

  5. Pingback: Domicio Neto

  6. Pingback: Paula Albocino

  7. Pingback: Fábio Pessoa

  8. Pingback: Google Analytics: trackPageview | Especialista em SEO

  9. Pingback: Domicio Neto

  10. Pingback: samuel teixeira

  11. Daniel

    Domicio, estou tendo dificuldades em colocar trackpageview como meta. Você tem algum post que ensina como utilizar esse tipo de tageamento em metas?
    Desde já te agradeço!

    Abraços!!

    Reply
    1. Domicio Neto - SEO Post author

      Olá Daniel,

      cara, você deve está se atrapalhando com alguma coisa besta :)

      Você não tem que fazer nada especial para que uma meta gerada pelo trackpageview seja computada.

      Se você gerou um trackpageview no Google Analytics, basta inserir, normalmente como você insere qualquer página.

      Caso queira, responda esse comentário e me diga como gerou o trackpageview e como também colocou lá na meta.

      PS: você sabe configurar uma meta? se não souber direito, me diga que também lhe ajudo.

      PS2: Caso você tenha configurada um TRACKEVENT no lugar do trackpageview… tenho uma má notícia heheh você não tem como inserir na meta do Google Analaytics.

      Grande abraço e estou no aguardo do seu retorno.

      Reply
      1. Junior

        Olá Domicio, uso uma div oculta para esconder o fone e quero mensurar quantos cliques tem neste link uso assim neste caso? Parabéns e obrigado pelo post e pela atenção ao meu comentário.
        <a id="fone-tal" href="#" onclick="showhide('fone_tal');_gaq.push(['_trackPageview', '/fone/tal/']);" " style="text-decoration:none;color:black;">Ver fone<span id="fone_tal" style="display: none;"> (11)1111-22222</span>

        Reply
        1. Domicio Neto - SEO Post author

          Olá, Junior. Bom dia!

          Você pode usar sem problemas, vai funcionar perfeitamente quando você chamar o gaq push no click, apenas sugiro que neste caso, utilize o trackEvent no lugar do trackPageview, ok?

          Grande abraço

          Reply
  12. Pingback: Alexander4

  13. Pingback: ROY

  14. Pingback: TERRENCE

  15. Pingback: CHARLIE

  16. Pingback: WALLACE

  17. Pingback: SALVADOR

  18. Pingback: BRANDON

  19. Pingback: FRANKLIN

  20. Pingback: EDUARDO

  21. Pingback: KIRK

  22. Pingback: FELIX

  23. Pingback: DONALD

  24. Pingback: JACK

  25. Pingback: CARL

  26. Pingback: BILLY

  27. Pingback: RICARDO

  28. Pingback: BYRON

  29. Pingback: BRUCE

  30. Pingback: RODNEY

  31. Pingback: BRANDON

  32. Pingback: DARYL

  33. Pingback: TIM

  34. Pingback: MITCHELL

  35. Pingback: EVAN

  36. Pingback: MARION

  37. Pingback: JASON

  38. Pingback: CARLOS

  39. Pingback: RAUL

  40. Pingback: JOEL

  41. Pingback: NICK

  42. Pingback: ENRIQUE

  43. Pingback: JOSE

  44. Pingback: ALBERTO

  45. Pingback: RUBEN

  46. Pingback: SEAN

  47. Pingback: BRANDON

  48. Pingback: TYLER

  49. Pingback: FREDDIE

  50. Pingback: FREDDIE

  51. Pingback: MICHAEL

  52. Pingback: ALBERTO

  53. Pingback: ALFREDO

  54. Pingback: KYLE

  55. Pingback: PEDRO

  56. Pingback: DERRICK

  57. Pingback: LESLIE

  58. Pingback: GORDON

  59. Pingback: MANUEL

  60. Pingback: FRANCIS

  61. Pingback: RAMON

  62. Pingback: DOUGLAS

  63. Pingback: ALFREDO

  64. Pingback: KYLE

  65. Pingback: TOM

  66. Pingback: ANDREW

  67. Pingback: SERGIO

  68. Pingback: JORDAN

  69. Pingback: BRADLEY

  70. Pingback: RICARDO

  71. Pingback: JORGE

  72. Pingback: ROSS

  73. Pingback: THEODORE

  74. Pingback: BRADLEY

  75. Pingback: MICHAEL

  76. Pingback: NATHANIEL

  77. Pingback: JIMMY

  78. Pingback: ZACHARY

  79. Pingback: LUTHER

  80. Pingback: DAVE

  81. Pingback: PATRICK

  82. Pingback: LUKE

  83. Pingback: STEVE

  84. Pingback: IVAN

  85. Pingback: JORGE

  86. Pingback: ARTURO

  87. Pingback: JIM

  88. Pingback: DOUG

  89. Pingback: GARY

  90. Pingback: JIM

  91. Pingback: nathaniel

  92. luciano

    Olá dominio, bateu uma dúvida aqui… exemplo: estou na pagina "x" e dou um onclick com um _trackPageview simulando a tela "Y", até aí entendo que fisicamente estarei na mesma paginas mas o GA entenderá que fui para outra. A pergunta é: se eu fechar a pagina do meu browser, o GA vai entender que houve uma saída da página "X" ou da página "y" ?

    Obrigado e abraço..Luciano

    Reply
  93. Binho

    Olá Domicio, gostaria que me tirasse uma dúvida, eu a algum tempo venho usando o trackpageview para medir o número de cliques nos banners dos blogs que são parceiros do meu blog, para eu ter como mensurar o volume de visitas que envio a eles. Acontece que mudei de host e no novo host os dados não funcionam mais, o que antes dava média de 300 cliques por dia nos banners agora n aparece nem 20 no dados do GA, sabe o que pode ser, os códigos estão exatamente os mesmo que antes funcionava antigo host.

    Outra pergunta, para fazer isso de medir número de cliques nos banners o correto é usar mesmo o track pageview ou o trackevent??

    Reply
    1. Domicio Neto - SEO Post author

      Fala, meu velho! Bom dia!

      Sobre essa sua dúvida dos cliques, o trackEvent não tem nenhum tipo de relação com o servidor. Caso você tenha mantido as URLs todas iguais com a troca do servidor, então acredito você deve ter tido uma queda nas visitas do site, não?

      Com relação aos clicks no banner, eu escolheria trackEvent porque com o trackPageView você está inflando os seus próprios dados. Criando visualização de páginas que, na verdade, não existem.

      Abraços!

      Reply
  94. Will Estevam

    E aí Domicio, tranquilo?
    Quando eu crio um filtro na conta principal do GA, ele funciona somente para as próxima visitas? Criei e vi que não alterou as visitas anteriores. É isso mesmo?

    Reply
    1. Domicio Neto - SEO Post author

      Fala, Will! Tudo bem e com você?
      Quando você cria um filtro, ele será válido apenas para as novas visitas, sem possibilidade de alteração no histórico, ok?
      Sugiro que crie um novo perfil dentro do mesmo UA e aplique o filtro desejado.

      Abs!

      Reply
  95. Michel

    Olá,

    Gostei muito do artigo e apliquei em um cliente que está vendendo tickets pela internet, porém não está computando.

    O detalhe é que usei em imagens que estão com o map html, assim o onclick está dentro da sintaxe <area ahref>(devido a posicionamento do map). Será que funciona dentro desta sintaxe ? ou somente em <a href> ?

    O código de verificação do google pode ser esse ?
    <script>
    (function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){
    (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o),
    m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m)
    })(window,document,'script','//www.google-analytics.com/analytics.js','ga');

    ga('create', 'UA-xxxxxxx','xxxxxxxxxxxxx');
    ga('send', 'pageview');

    </script>

    Abraços e Parabéns

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *