Aprenda tudo sobre Google Analytics com as principais dicas de como explorar a fundo e extrair para o seu relatório tudo o que o Google Analytics pode lhe informar e da melhor forma possível

Google Analytics Real Time. O que muda?

Para quem não anda muito antenado no Twitter ou nas últimas notícias do mundo online, o Google Analytics agora tem uma nova funcionalidade aguardada por muitos há muito tempo, o Google Analytics Real Time. Ou seja, falando no bom e velho português, agora é possível saber, em tempo real, quantos visitantes estão em seu site.

Claro que essa funcionalidade não é nenhuma novidade no mundo do Web Analytics, visto que outras ferramenta já permitiam tal monitoramento, como é o caso do Woopra ou o Piwik, onde ambos permitem que seja realizada a análise dos dados de acesso ao site em tempo real. Mas a grande questão é que o Google Analytics hoje é um item praticamente obrigatório em qualquer site, ou pelo menos, era pra ser.

Apesar de pouca gente saber como utilizar, o Google Analytics já permitia e vai continuar permitindo o monitoramento do tráfego gerado a cada hora. Porém, para montar um bom relatório, as coisas ficam um pouco mais complicadas.

Obs: Como a análise desse tráfego hora a hora nem sempre é fácil de montar, recentemente fiz um post explicando exatamente sobre como descobrir no Google Analytics qual o horário de maior conversão e tráfego gerado pelas mídias sociais que recomendo a leitura.

Legal, mas o que o que muda com o Google Analytics Real Time?

Tudo e nada ao mesmo tempo. Complicado? Nem tanto quanto parece. Se você for um analista que cria/desenvolve estratégias a longo prazo, você nunca poderá analisar apenas os dados apenas de um dia, de uma hora, e piorou analisar os dados em tempo real, ok?

Se você faz parte desse grupo, esqueça essa novidade e volte para o seu trabalho. Você vai precisar sempre trabalhar com uma média, lembrando das variações sazonais que podem ocorrer dependendo do ramo de trabalho e assim por diante. Ou seja, desculpe, mas nada mudou para você.

Google Analytics - Real Time

Google Analytics - Real Time

Mas se você é um editor, escritor ou analista de mídia social, a coisa muda muito de visão e o Google Analytics Real Time passa a ser o seu mais novo amigo quando o assunto é monitoramento.

O Analista de Mídia Social

Já imaginou você divulgar um Tweet com um link para o seu site e poder ver em tempo real quantas pessoas estão acessando? Isso é tudo que você sempre pediu, hein?

Agora ficou muito fácil de monitorar toda e qualquer campanha, pois o Google Analytics também lhe diz qual foi a página de destino (landing page), assim como também te diz de onde foi originado esse tráfego e quantas pessoas estão visitando aquela página nesse exato momento!

O Editor e Escritor

Se você escreve para grandes portais, essa novidade do Google Analytics não poderia ter vindo em melhor hora! Através dele é possível perceber quais as notícias estão tendo mais acesso, se vale a pena melhor ainda mais o conteúdo, inserindo imagens, vídeos e assim por diante.

Mas a grande vantagem é poder acompanhar em Real Time quais as notícias que estão sendo bem aceitas/acessadas e trabalhá-las na home do seu site, colocando-as em destaque e removendo-as por outras quando começarem a perder o “prazo de validade”.

Filtros x Google Analytics Real Time

Infelizmente tudo indica que não poderemos trabalhar, pelo menos inicialmente, com nenhum tipo de filtro para “limpar” os dados do real time. Acredito que isso iria exigir muito processamento por parte dos servidores do Google, gerando um delay (atraso) indesejável. E claro, se estamos falando de dados em tempo real, não podemos exigir luxos e “mimos” que atrasem o processamento e o tempo de resposta.

Dashboards - Google Analytics Real Time

Dashboards - Google Analytics Real Time

Conclusão

Essa foi uma ótima novidade esperada a muito tempo por todos e está disponível apenas na nova versão do Google Analytics. Vale lembrar que essa notícia veio junto com o lançamento do Google Analytics Premium, a mais nova ferramenta paga do Google para tentar fazer frente ao Omniture. Ela está disponível para poucos e com valores acima de $150.000 (anuais). Para variar, o Brasil ficou fora dessa.

Acredito que até semana que vem, ou no máximo daqui duas semanas, todos terão acesso ao Google Analytics Real Time para usar e abusar dos dados em tempo real!

Bônus

Como você chegou até o final do post, acredito que realmente esteja interessado nessa novidade do Google e está louco para testar também, certo? Então não perca mais tempo e solicite acesso ao Google Analytics Real Time beta agora: https://services.google.com/fb/forms/realtimeanalytics/

trackPageLoadTime: Monitorar Carregamento no Google Analytics – Podcast

No primeiro podcast “Google Plus One (+1): Porque o Google Plus One não vai dar certo” muita gente deixou comentários elogiando a novidade e falando, principalmente, que não precisa parar de trabalhar para ficar atualizado. Claro que não vou abrir mão dos meus posts escritos, e ainda essa semana, eu devo publicar um novo.

Mas, antes de soltar o própximo post, queria bater um papo com vocês sobre a última novidade do Google Analytics, anunciado oficialmente na última quarta-feira, dia 4 de maio, o  novo _trackPageLoadTime.

O _trackPageLoadTime é o mais novo incremento do Google Analytics e veio para confirmar ainda mais o que muita gente já achava: cada dia que passa, o tempo de carregamento do site se tornará um grande e importante fator de posicionamento.

O Google não tem economizado em disponibilizar ferramentas para ajudar o usuário a analisar o tempo de carregamento do site. Primeiro foi o page speed, um plugin do firefox para você medir o carregamento do site, depois foi a vez do Page Speed Online, disponível para qualquer um de forma gratuita, e agora, é a vez de inserir uma forma de monitorar o carregamento das páginas no Google Analytics.

Para que o trackpageloadtime funcione corretamente, basta inserir uma pequena linha de código, muito semelhante ao utilizado com o trackpageview do Google Analytics, só trocando a nomenclatura para _trackPageLoadTime, como segue abaixo.

[sourcecode language=’css’]

[/sourcecode]

O Google também disponibilizou uma página oficial ensinando como instalar corretamente o novo trackPageLoadTime, vale a pena da uma conferida: Site Speed – Analytics Help.

Vale ressaltar que essa opção só está disponível na nova versão do Google Analytics e será encontrada no menu do Conteúdo, como vocês podem ver na imagem abaixo:Site Speed - trackpageloadtime

Com certeza, o tempo de carregamento de cada página se tornará uma excelente métrica no Google Analytics e, através dela, você poderá analisar, por exemplo, se as páginas que possuem uma melhor taxa de conversão tem relação com o tempo de carregamento. Também poderá analisar se aquela sua página que possui uma alta taxa de rejeição (bounce rate) está diretamente relacionada ao tempo de carregamento.

Vamos ficar de olho e esperar novos pronunciamentos do Google Analytics sobre o trackPageLoadTime. Acredito que essa novidade prioriza a experiência do usuário e, claro, todo melhoria com foco no usuário sempre será bem-vinda, afinal, quem não gosta de um site que carrega rápido?

[podcast]

Crédito da imagem principal: Google Analytics’ New Site Speed Report Tracks Page Load Times

Google Analytics: _trackPageview x _trackEvent

Há pouco tempo atrás escrevi um post ensinando como usar corretamente o método _trackPageview no Google Analytics. Algumas pessoas me procuraram e levantaram a seguinte questão: Quais os prós e contras de utilizar o _trackPageview e o _trackEvent? Quando eu devo utilizar um método ou o outro? Para esclarecer essas dúvidas, resolvi escrever esse post. Então, vamos lá!

Pró do _trackPageview

O _trackPageview é um método que simula e gera no relatório do Google Analytics a visualização de uma página que normalmente não seria computada pelo GA. Essa página é gerada dinamicamente sem alteração de URL ou uma página totalmente construída em Flash. Página essa que lhe dá liberdade de fazer tudo que você faria com uma página normal do seu site.
Continue reading

Melhor Horário - Mídia Social - Twitter - Metas - Google Analytics

Google Analytics: Descubra qual o horário de maior conversão e tráfego gerado pelas mídias sociais

O Google Analytics é uma ferramenta extremamente importante quando o assunto é mensuração, mas muitas pessoas andaram me questionando como monitorar o acesso do tráfego gerado pelas mídias sociais e como eu controlava a qualidade dessas visitas.

Visando esclarecer essa dúvida sobre como descobrir qual o horário de maior acesso ao site e qual o horário com maior conversão do tráfego vindo das mídias sociais, vou explicar como criar um relatório personalizado que dirá exatamente isso.

Vale ressaltar que o meu Google Analytics está configurado em inglês, dessa forma facilita o entendimento da maioria dos posts e tutoriais que achamos na internet sobre o GA nos blogs gringos.
Continue reading

_trackPageview Google Snalytics - Conteúdo

Google Analytics: trackPageview

Saindo do pressuposto que uma das grandes vantagens da internet em relação ao mundo off-line é a possibilidade de monitorar cada passo que do usuário, o Google Analytics teria que ser capaz de monitorar tudo no seu site, incluindo os clicks que geram um evento onde a URL se mantem inalterada.

Entretanto, se utilizarmos o Google Analytics com uma função JavaScript, como o JQuery, por exemplo, não será possível monitorar esse evento. Visando solucionar esse problema do Google Analytics, os profissionais de SEO utilizam o JavaScript _trackPageView.

_trackPageview Google Snalytics - Conteúdo

_trackPageview Google Snalytics - Conteúdo


Continue reading

O que é Taxa de Rejeição e como diminuí-la

Você sabe qual é a Taxa de Rejeição de seu site? Se não sabe, este artigo é muito importante para você, pois explicará esse conceito importante que é um dos pontos para medir a qualidade do seu trabalho. Se você sabe a resposta, ele também é importante pois trará orientações para auxiliá-lo a diminuir a taxa de rejeição do seu site.

[image title=”bounce_rate” size=”medium” id=”818″ align=”center” alt=”Bounce Rate” linkto=”viewer” ]

Além disso, o artigo mostrará dados sobre a taxa de rejeição e outras informações de diversos sites. Esses números permitirão que você avalie se os seus números estão dentro ou fora da média dos outros sites. Essa parte do artigo só foi possível graças à importante colaboração de outros proprietários de blogs, que concordaram em responder algumas perguntas para o levantamento que fiz para esta matéria. Além disso, cada um deles colaborou com dicas preciosas para otimizar as visitas do site e diminuir sua taxa de rejeição. Desde já, o meu imenso muito obrigado a cada um desses colaboradores. No final do artigo estão citados os seus sites, como forma de reconhecimento e agradecimento.

1. O que é a Taxa de Rejeição?

Continue reading

Google Caffeine vs. Google Padrão

Duas semanas após o lançamento, ou melhor, convite para testes no Google Caffeine, de fato, vários testes foram realizados, procurando, especialmente, testar a diferença de posicionamento de sites, diversidade de resultados e qualidade dos resultados mostrados no Caffeine.

[image title=”Google Caffeine” size=”full” id=”808″ align=”center” alt=”Google Caffeine” linkto=”viewer” ]

Para lembrar, o Google informou que com essa nova infra-estrutura de Search, ele visa:

  • aumentar o tamanho do índice
  • aumentar a velocidade de indexação
  • aumentar a precisão
  • aumentar o entendimento
  • e melhorar outros pontos dos resultados de busca

Recentemente, o site 360i divulgou o resultado de um estudo sobre o comportamento de cada índice do Google para o mesmo conjunto de buscas (6 things to expect if Google Decaf gets a “Caffeine” Boost – inglês), revelando 6 principais pontos de mudança entre o Google cafeinado e o Google descafeinado:

Continue reading

Google Analytics – Aproveite o máximo dos seus relatórios

Para quem ainda não sabe eu estou trabalhando na Intelligent Web Solutions – IWS, uma empresa especializada em SEM (SEO + Link Patrocinado) situada em Salvador – Ba.
Fiquei satisfeito ao saber que sexta-feira (11/09/09) terei que fazer uma apresentação interna sobre o próprio Google Analytics e como interpreta-lo da melhor forma possível.
Mas você agora deve está se perguntando, sim, o que você tem haver com isso, certo?
A questão está no site que eu achei do próprio Google mostrando como aproveitar ao máximos dos seus relatórios e se você me permite, nada melhor do que o próprio criador para falar da sua “criatura”.
No site ele traz várias formas de analisar os dados apresentados através do Google Analytics e dessa forma você escolhe a melhor forma de explora-lo para fazer o melhor relatório possível para o seu cliente.

Então, por esse motivo eu trouxe o link de acesso do site e baixo um vídeo de exemplo (em inglês).
Link: Aproveite o máximo dos seus relatórios

Fiquem a vontade para tirarem qualquer dúvida e comentar sobre os seus relatórios pois dessa forma crescemos juntos.

Google Analytics – Medindo ROI em sites de e-commerce através do Google Analytics

Pelo terceiro dia consecutivo trago para vocês o Google Analytics – Medindo ROI em sites de e-commerce através do Google Analytics.

Google Analytics Medindo ROI em sites de e-commerce através do Google Analytics (Parte 1)

Google Analytics Medindo ROI em sites de e-commerce através do Google Analytics (Parte 2)

Google Analytics Medindo ROI em sites de e-commerce através do Google Analytics (Parte 3)