Nem tudo se resume a SEO

Recentemente, um certo post em inglês repercutiu no mundo do SEO. O blog Blind Five Year Old publicou o artigo “Facebook Comments and SEO”, onde ele mostra que quando se utiliza o plugin do Facebook nos comentários dos blogs, os comentários não são indexados pelo Google.

Como era de se esperar, muita gente da área de SEO compartilhou o post no Twitter e Facebook, concordando com o autor do blog. O post defende que não seria uma boa ideia usar o plugin do Facebook nos comentários, substituindo o método padrão, já que o plugin é carregado no site via iframe, onde nenhum comentário é indexado.

Ok. Isso realmente é muito ruim para o SEO, ou melhor, isso é péssimo para o SEO. Mas vamos pensar além e sair um pouco da bolha, afinal, nem tudo no mundo se resume a SEO, concorda?

Facebook-Comments-Google-SEO

Facebook-Comments-Google-SEO

Acredito que às vezes é importante analisar caso a caso, e não simplesmente dizer que, se o plugin não permite que os comentários sejam indexados pelo Google, ele não deve ser usado. (Não estou dizendo que o post referenciado necessariamente disse isso, mas vi pessoas comentando isso no Twitter).

Veja o caso do blog voltado especificamente para assuntos sobre o Facebook, o Think Facebook. Ele utiliza exatamente esse plugin, fazendo com que nenhum dos comentários seja indexado, mas nesse caso, será que devemos priorizar um ambiente que é voltado para o Facebook, com plugins interativos, ou simplesmente ignorar tudo isso e focar em SEO?

Nesse caso é a experiência do usuário que está em jogo e, sinceramente, entre o usuário satisfeito com o site ou ter os comentários indexados pelo Google… Sorry, mas neste caso eu prefiro ver o usuário contente com um ambiente voltado para o Facebook, mesmo que não seja indexado pelo Google.

SeoAlien - Facebook

SeoAlien - Facebook

Claro que não estou dizendo que todos devem adotar o plugin do Facebook e que o SEO não serve pra nada. Sei que os comentários são importantes e muitas vezes você encontra o que procura exatamente no comentário. Porém, estou somente alertando que cada caso é um caso e que devemos analisar sempre além. Sair da bolha mental, às vezes, é importante e necessário.

Crédito da imagem principal: Paes Pedro

116 thoughts on “Nem tudo se resume a SEO

  1. Anderson Chipak

    Dominicio, ótimo post. Concordo 100%. Esse artigo se encaixa na situação atual do Panda. Quem pensa muito em SEO acaba perdendo leitores por diversos motivos, entre eles titulos curtos demais e links desnecessários, e sem lógica, dentro do site.

    Reply
  2. Ana Martins

    Legal esse tipo de visão, Domicio. É sempre bom a gente pensar na experiência. Apesar de eu, pessoalmente, preferir que os comentários sejam incluídos (generalizando, há casos e casos né) como conteúdo do post, e não gostar muito dessa coisa de Facebook e iframe na parte de comentários, é muito bom ver essa postura de pensar no que é melhor pro usuário entre os SEOos e SEOas. :P

    Ótimo post. :D

    Reply
    1. Domicio Neto - SEO Post author

      Olá Ana!

      Também acho que naturalmente teremos alguns usuários que preferem isso ou aquilo, mas como falei no post, acho que cada caso é um caso e as vezes sair do padrão comum é bom (as vezes não).

      Tudo tem que ser analisado com calma, mas acho que não podemos sair excluindo logo de cara algumas opções, vale a pena pensar antes de excluir a opção :)

      Obrigado pelo elogio sobre o post e por compartilhar no twitter! :D

      Reply
  3. paidaalice

    Eu li esse post indicado no tweet de alguém e cheguei a conclusão que no blog que tinha colocado a funcionalidade, o Blog de Pai (é só clicar no meu nome para ver o blog), não era uma boa. Sou analista SEO e fiquei na mesma dúvida que você, será que tiro o comentário do Facebook, só por conta disso?
    Aí é que entra o Analytics para salvar. Fui ver quais eram minhas fontes primárias de tráfego e o principal, disparado, é o Twitter. Então, no meu caso, retirar o Facebook via comentários não seria tão danoso. E optei pelo mesmo sistema que você usa aqui, o IntenseDebate e te digo que foi o melhor que fiz.
    Só não abandonei o Facebook, uso ferramentas para postar lá, acompanhar os comentários ensina dos updates e interagir. Dá mais trabalho mais funciona pra mim.

    Reply
  4. Pingback: Anna Raquel Serra

  5. Pingback: Roberto Costa

  6. Pingback: Sandro Neto Ribeiro

  7. Guga Alves

    Concordo com sua visão, mas devemos lembrar que tem muito usuário que não tem Facebook e fica privado de fazer comentários com isso.. Por exemplo, meu pai lê noticias na internet, deixa comentários relevantes até em alguns sites, mas não faz uso de redes sociais !
    Ele até tem Facebook, mas só por ter, não é usuário ativo como nós..
    É bom pesar os dois lados, seu usuário achará interessante? Atenderá bem a todos? Se não, por SEO ou não, é melhor não usar.. se sim e o nível de comentários do seu site não chega a ser interesante para ser indexado como em sites de humor, ai sim acho legal usar :)
    Abraços !

    Reply
  8. Guga Alves

    Isso ai, cada caso é um caso !
    Levantei essa bola pois muitos não fazem essa análise prévia e depois acabam criticando o sistema de comentários escolhido sem razão :)
    Como vc bem falou, não podemos mesmo excluir essa opção sem análise.
    Abraços, ótimo artigo !

    Reply
  9. Pingback: Domicio Neto

  10. Pingback: Fábio Pessoa

  11. Pingback: Ian Castro

  12. Pingback: Ariane Carvalho

  13. Pingback: Domicio Neto

  14. Pingback: Leonardo Diogo Silva

  15. Pingback: EPPA!

  16. Pingback: LEWIS

  17. Pingback: TERRENCE

  18. Pingback: DONNIE

  19. Pingback: ENRIQUE

  20. Pingback: ARTHUR

  21. Pingback: GABRIEL

  22. Pingback: ROY

  23. Pingback: WILLIE

  24. Pingback: CHARLIE

  25. Pingback: ALFRED

  26. Pingback: VICTOR

  27. Pingback: BRANDON

  28. Pingback: TONY

  29. Pingback: BILLY

  30. Pingback: JIMMY

  31. Pingback: CARL

  32. Pingback: ADAM

  33. Pingback: KENNY

  34. Pingback: LLOYD

  35. Pingback: LUIS

  36. Pingback: SERGIO

  37. Pingback: VICTOR

  38. Pingback: CLIFTON

  39. Pingback: RAY

  40. Pingback: RODNEY

  41. Pingback: DARYL

  42. Pingback: MARCUS

  43. Pingback: PHILIP

  44. Pingback: ALFRED

  45. Pingback: BRETT

  46. Pingback: STEVEN

  47. Cristiano Siqueira

    Concordo plenamente com o uso de comentário do Facebook como no exemplo que fiz na loja da cliente – ecommerce – mesmo que não seja indexado pelo Google – está a vista dos clientes que entram na loja e podem compartilhar estas ofertas – o Domício está certíssimo! existe casos e casos! Adorei o post – conheci o trabalho dele no Mestrecast e agora vou acompanhar – em breve espero conhecer todos os camaradas de SEO – e parabéns para ti por ser baiano – porque estive ai várias vezes e sei como é difícil obter conhecimento apesar de ser uma cidade grande! Abraços!!

    Reply
  48. Pingback: VINCENT

  49. Pingback: TRAVIS

  50. Pingback: BRYAN

  51. Pingback: BRUCE

  52. Pingback: RONNIE

  53. Pingback: MARVIN

  54. Pingback: MITCHELL

  55. Pingback: DWAYNE

  56. Pingback: SHANE

  57. Pingback: VINCENT

  58. Pingback: ALVIN

  59. Pingback: RUSSELL

  60. Pingback: NATHAN

  61. Pingback: TIM

  62. Pingback: STEPHEN

  63. Pingback: STEPHEN

    1. Domicio Neto - SEO Post author

      Fala William!

      Então cara, tem alguns códigos rolando na internet para você tornar o Facebook Comments SEO Friendly que acredito que pode funcionar sim, desde que o conteúdo seja exatamente igual ao que está nos comentários.

      Cuidado para não ir na ganância e "otimizar" os comentários, hein? hahaha

      Abraços,
      Domicio Neto

      Reply
  64. Pingback: greg

  65. Pingback: STEPHEN

  66. Pingback: CHARLIE

  67. Pingback: JERRY

  68. Pingback: PATRICK

  69. Pingback: JAMES

  70. Pingback: EDWIN

  71. Pingback: ROGER

  72. Pingback: RAY

  73. Pingback: TRAVIS

  74. Pingback: MARVIN

  75. Pingback: MILTON

  76. Pingback: CHRIS

  77. Pingback: BRYAN

  78. Pingback: MARK

  79. Pingback: JORGE

  80. Pingback: KEVIN

  81. Pingback: FREDDIE

  82. Pingback: ALLEN

  83. Pingback: WADE

  84. Pingback: ALEX

  85. Pingback: HOMER

  86. Pingback: ANDRE

  87. Pingback: HARRY

  88. Pingback: JEFF

  89. Pingback: WARREN

  90. Pingback: FREDRICK

  91. Pingback: CHRIS

  92. Pingback: DONALD

  93. Pingback: TERRY

  94. Pingback: RAMON

  95. Pingback: RANDY

  96. Pingback: FRANCIS

  97. Pingback: HARRY

  98. Pingback: MARION

  99. Pingback: STEPHEN

  100. Pingback: DAN

  101. Pingback: OSCAR

  102. Pingback: ENRIQUE

  103. Pingback: VIRGIL

  104. Pingback: ALFRED

  105. Pingback: SHANE

  106. Pingback: JIM

  107. Pingback: TRACY

  108. Pingback: jordan

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *